DESIDROGENIZAÇÃO

DESIDROGENIZAÇÃO

São processos endotérmicos que necessitam de alta temperatura para a obtenção de boas conversões. São restritos aos processos onde regentes e produtos possuam estabilidade térmica. É uma reação química que envolve a eliminação de hidrogênio.

PROCESSO DE DESIDROGENIZAÇÃO
Em peças com dureza superior à 31 HRC, durante a etapa de decapagem e processos eletrolíticos poderá ocorrer absorção de hidrogênio e fragilizar o metal. Neste caso as peças dever ser submetidas ao processo de desidrogenização. A desidrogenização, deve ser realizada após o banho de cádmio e antes da passivação. Este processo consiste em colocar as peças em estufa à uma determinada temperatura e tempo. A estufa deve ser calibrada conforme norma API 6A (exigência Petrobrás).

Um dos cuidados mais importantes no tratamento por via galvânica, ou mesmo química é a precaução quanto a oclusão de hidrogênio durante as diversas fases do tratamento. Como regra geral devemos especificar a desidrogenização para todo e qualquer material com dureza superior 30 HRC (aprox. 1000MPa ) mesmo quando aplicados procedimentos que não eram considerados como “importantes” na oclusão de hidrogênio, tal como o níquel químico e a fosfatização.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart

Nenhum produto no carrinho.

× Como posso te ajudar?